quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Meu querido diário... #1


Meu querido diário,


hoje te escrevo para te falar do que está subjacente ao meu coração. Não é fácil, porém vou tentar.
Estou apaixonada! Aquele sorriso tonto, o bater forte do coração, o pensamento constante, as borboletas na barriga... Tudo isso faz parte do meu dia-a-dia.
Se é dificil lidar com isso? Não, de forma alguma. É simplesmente maravilhoso! Sinto-me maravilhada com todos estes sentimentos que me possuem, assoberdada com a sua grandeza e intensidade. Algo que nunca antes sentira fará agora, e eternamente, parte da minha vida.
É tudo bom e perfeito. Ele é perfeito, até os seus pequenos 'defeitos' são perfeitos. O sorriso dele quebra qualquer momento gelado como uma brisa quente de verão no meio de um campo repleto com as mais lindas flores de cerejeira.
Mas há algo que ainda não te contei, algo que é imensamente dificil para mim, e para ele também. Algo que me deixa angustiada e que faz com que a nossa relação não seja tão simples quanto a dos outros... A distância...
Ela separa os nossos corpos, separa os nossos lábios, os nossos toques... Separa-me dos abraços quentes e protectores que só ele sabe e me pode dar, separa-me da textura terna e suave da sua pele, separa-me dos beijos quentes e poderosos dos quais eu não me quero separar... É uma imensa dor, algo que nunca pensei sentir. Mas sabes, foi com esta distância, e este grande amor que eu aprendi o que de facto significa a saudade. A cada dia que passo aprendo a ser mais forte e corajosa porque os nossos corpos podem estar distânciados, mas o nosso coração é um só.
Ele faz-me sorrir, pular de felicidade, cantar de alegria, chorar de emoção... A distância também me faz chorar...
Porém sei que temos um caminho a percorrer, meu querido diário, sei que a nossa felicidade é conjunta, é nossa... Não vou desistir, e vou lutar a cada dia que passa nem que tenha de levar o meu coração ao colo quando dele as forças se esvaiarem. Leva-lo-ei até ele porque é somente dele que necessito, é apenas por ele que o meu coração grita, que o meu coração chama, é apenas por ele que o meu coração sente...
Sei que preciso de ser forte, de permanecer corajosa e destemida... Sei que preciso de correr por caminhos arenosos, saltar obstáculos perigosos, fugir de monstros assustadores mas, sei que, no fim da estrada ele estará a minha espera, na sua silhueta perfeita, com a brisa do vento a esvoaçar a beleza que o seu cabelo castanho possui, com o brilho da felicidade no olhar e com o amor a bater forte no coração.


Por isso irei caminhar, partilhar com ele todas as aventuras e desventuras do meu caminho,
sorrir por que sou feliz,
amar porque sou amada.

Até breve meu querido diário


2 comentários:

Leave your thoughts;
Someday they'll become more than just a dream ♥