sábado, 23 de abril de 2011

Nãoooooo

Não consigo... As minhas forças foram arrastadas para fora do meu corpo e não mais se encontram ao meu alcance. Fugiram assustadas com a dor que contraía o meu coração e agora, apenas um sorriso rasgado de alguém amado as pode trazer de volta. Saíram do meu corpo deixando-o pesado, enraivecido e repleto de uma tristeza sórdida, completa. Fugiram sem uma explicação, fugiram de mim com medo de serem tomadas pela emoção, pela mágoa, pela saudade... Não! Não me deixem, não me abandonem neste momento tão crucial, fiquem comigo; ajudem-me, ajudem-nos... 

Não quero perder de vista o teu sorriso galanteador, não quero que o brilho do teu olhar desapareça da minha vida, mas não, não te posso causar qualquer sofrimento, mais do que ninguém desejo a tua felicidade eterna. Quero ficar contigo, quero segurar a tua mão, quero dar-te todas as alegrias que mereces, quero a eternidade contigo, quero uma família formada com a junção do nosso sangue, quero que estejas presente em cada conquista minha, quero que me acaricies no momento de cada derrota. Quero continuar este jornada contigo e estar presente em cada momento, a cada instante da tua vida e continuar orgulhosa de ti, do Homem que és. Quero beijar-te todos os dias, sentir o calor do teu abraço de minuto a minuto, adormecer com a tua protecção, acordar com o teu carinho. Quero, quero tanto, preciso tanto, preciso imenso. Agarra a minha mão, sente a sua textura e mostra-me que nada nem ninguém nos vai poder separar. Mostra-me que ainda existe uma réstia de força nos nossos corpos e não deixes que a tristeza, malvada, cruel, se apodere de mim, do meu coração, do meu espírito. Fica comigo e sente a minha pulsação a cada toque, sente o quanto o meu coração é apaixonado por ti, sente, sente o quanto quero ficar contigo, e em cada lágrima conta as saudades que sinto tuas. Aproxima-te e, no som do meu abraço, ouve o 'Amo-te' que grito ao mundo. Sente o beijo que delineará o teu pescoço e acaba com a distância, de milímetros, que nos separa. Sente a chuva que nos molha e o vento que arrasta os nossos cabelos, sente cada toque da natureza, da tempestade, do que nos rodeia, mas nunca te esqueças que tudo isso é provocado pelo bater forte, descompassado e apaixonado do meu coração. 

Tu, nós, o nosso amor sempre em primeiro lugar. TU!

1 comentário:

  1. Além de bons textos tens excelentes imagens ;)
    Gosto muito !
    **

    ResponderEliminar

Leave your thoughts;
Someday they'll become more than just a dream ♥